Plano de Melhoramento

As diferenças entre raças no que toca às características morfológicas, fisiológicas e zootécnicas podem ser atribuídas às variadas pressões e direcções a que foram submetidas aquando da selecção, ao longo do processo evolutivo.

Assim, cada raça é dotada de composição genética diferente quer pelas características próprias da raça quer pelas implicações resultantes da adaptação ao meio ambiente.


De referir que, raças puras melhoradas são essenciais para o sucesso de cruzamentos. Daí que, a selecção é uma peça fundamental na melhoria das raças puras, e tem de ser componente essencial num programa de cruzamentos.

Por sua vez, a utilização de sistemas de cruzamento permite o aproveitamento da diversidade genética e ainda ganhos genéticos através da implementação do Programa de Melhoramento da Raça Blonde D’Aquitaine.

A Raça Blonde D’Aquitaine, devido à sua enorme resistência e massa muscular abundante, reúne características excepcionais, oferecendo animais adaptados à realidade portuguesa, de criação em regime extensivo.

O Programa de Melhoramento da raça Blonde D’ Aquitaine prevê a execução de um conjunto de acções, nomeadamente:
  • Levantamento/Avaliação do sistema de produção nacional;
  • Delineamento dos critérios de selecção com base nos parâmetros reprodutivos (Taxa de Fertilidade, Precocidade Sexual, Capacidade Maternal) e produtivos (Rusticidade, Aprumos, Conformação Corporal, Desenvolvimento Muscular, Capacidade de Conversão Alimentar, Velocidade de Crescimento, Temperamento, Rendimento de Carcaça e de Carne Limpa).


Com o recurso ao PRODER (Programa de Desenvolvimento Rural) - Conservação e Melhoramento de Recursos Genéticos -Componente Animal foi possível informatizar o Livro Genealógico, instrumento fundamental para a implementação do Programa de Melhoramento da Raça, controlar a performance dos animais no campo, caracterizá-los geneticamente, confirmar paternidades e promover a raça.